Novas imagens mostram smartphone duplamente dobrável da Xiaomi

Apesar de já ter mostrado vídeos e fotos sobre protótipos do seu telefone dobrável, a Xiaomi agora mostrou renderizações oficiais e explicou como o aparelho vai efetivamente funcionar. Em um comunicado enviado ao site LetsGoDigital, a companhia informou detalhes sobre o desenvolvimento do smartphone e a participação de uma “empresa da cadeia de fornecedores”.

O dispositivo, diferente dos apresentados por concorrentes como a Samsung, tem duas partes dobráveis nas laterais. Com isso, a Xiaomi aponta que há dificuldades em desenvolver um sistema adaptável a todas as possibilidades. “A Xiaomi é a primeira no mundo a apresentar um smartphone duplamente dobrável e tem os mesmos desafios técnicos para suas três formas — dobrado duplamente, dobrado de um lado apenas e a forma de tablet”, sendo esta última com o aparelho todo aberto.

A empresa informou que está produzindo tanto a tela, quando o desenho, o mecanismo de dobra e também a adaptação do sistema operacional para o dispositivo. “É ignorância acreditar que uma tela dobrável possa ser facilmente transformada em um smartphone dobrável sem avanços significativos em tecnologia. Cara seguimento da nossa cadeia tem uma participação única”, explica.

Junto com o comunicado, o site também apresentou imagens renderizadas do gadget, o que pode representar a ideia do produto final, mas não deve ser considerado como resultado. Aliás, o site aponta que o sistema operacional colocado nas fotos não representa a versão final.

A proposta é de que o aparelho possa se dobrar nas laterais até a parte de trás e se transformar em um smartphone. Com as duas abas abertas, ele pode ser usado também como tablet.

Vale perceber que o formato sobrado permite que efetivamente o aparelho não tenha bordas laterais, já que elas constituem ainda a tela. Outro ponto é que não há posição para a câmera, nem na parte de trás nem na da frente, o que pode representar um desafio para os desenvolvedores. A expectativa é de que ela fique no vinco que se pode formar com o fechamento das duas abas. Como é possível ter uma tela em ambos os lados, faz sentido que o gadget tenha apenas uma câmera tanto para selfie quanto para fotos mais complexas. Nas imagens, também há um botão na parte superior do smartphone, além de uma entrada USB-C na parte de baixo.

O modelo renderizado mostra alguns bons desafios da tela dobrável. A primeira será como manter o aparelho protegido. As fotos mostram apenas a tela dobrada “para fora”, ou seja, como se o tablet se dobrasse para trás. Isso faz com que a tela se desligue, indicando que este será o posicionamento do aparelho em modo bloqueado. A não ser que ele também se dobre no outro sentido, isso quer dizer que a tela ficará sempre exposta no bolso do usuário.

Outro problema será como fazer um aparelho com todos esses aspectos e mecanismos de um aparelho dobrável mantendo uma espessura fina, mesmo em modo de smartphone.

Apesar das imagens e informações, a Xiaomi ainda não informou quando pretende lançar seu aparelho do tipo, ainda em fase de protótipo. Segundo o LetGoDigital, a empresa ainda está buscando um nome para o o smartphone dobrável. As principais opções até o momento seriam Xiaomi Dual Flex ou Xiaomi MIX Flex.

Fonte: Canaltech

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: