Huawei apresenta seus novos smartphones P30 e P30 Pro — este, com malas prontas para o Brasil

Se você quer fugir da dicotomia Apple/Samsung que domina o mercado de smartphones há quase uma década, conte com a Huawei para ter uma terceira via superpoderosa e com especificações de encher os olhos de qualquer um. A companhia chinesa já tinha surpreendido o mundo no ano passado com os smartphones P20 e P20 Pro, e agora tenta superar o seu feito com seus sucessores — estes são o P30 e P30 Pro:

Para 2019, a Huawei resolveu apostar totalmente em poder de fotografia: o P30 conta com três câmeras traseiras, enquanto o P30 Pro traz nada menos que quatro lentes — uma padrão de 40 megapixels com estabilizador óptico, uma ultra-grande-angular de 20 megapixels, uma lente periscópio com cinco vezes de aproximação e 8 megapixels e, por fim, uma lente ToF (time-of-flight) para foco aprimorado e efeitos bokeh mais realistas. O P30 comum perde a lente ToF, e tem uma lente grande-angular de 16 megapixels, bem como uma teleobjetiva com 3x de aproximação e 8 megapixels.

Os esforços da Huawei em hardware e software parecem ter dado certo, aliás: o P30 Pro, especificamente, conquistou a maior nota já registrada por um smartphone nos testes do DxO Labs: 112, com 119 pontos para a fotografia e 97 para o vídeo. Os principais elogios ficaram para os efeitos bokeh, o zoom óptico e o foco preciso por conta do sensor extra.

Indo para outros aspectos, os dispositivos têm telas OLED de 6,1 e 6,47 polegadas com bordas mínimas e um recorte bem discreto para a câmera frontal, de 32 megapixels. A resolução é FHD+, e eles contam com leitores de impressão digital embutidos nas telas. O processador é o Kirin 980, da própria Huawei, e temos aqui 6GB ou 8GB de RAM; os smartphones contam ainda com 128GB de capacidade e um slot para cartões Nano SIM.

A bateria é outro destaque dos dispositivos: o P30 conta com um componente de 3.650mAh, enquanto o P30 Pro tem uma bateria de 4.200mAh. O carregador de 40W incluído com os smartphones é capaz de preencher as baterias em 70% em 30 minutos, e a tecnologia de carregamento sem fio é reversível, para que você dê vida a outro aparelho a partir do seu smartphone.

Os P30 já vêm de fábrica com o Android 9.0 “Pie” e a camada de adaptação EMUI, da Huawei. Eles serão lançados em uma série de cores diferentonas e bonitas, como uma bela versão chamada “Amber Sunrise” que vai do azul-claro ao violeta; há, também, uma versão totalmente preta, para os mais discretos. É bom notar que apenas o P30 Pro conta com certificado IP68, enquanto o P30 comum tem certificado IP53, menos protegido.

Os novos dispositivos da Huawei serão lançados na Europa no dia 6 próximo, por 800€ (P30) e 1.000€ (P30 Pro); como é costume com as companhias chinesas (tirando a OnePlus), eles não serão comercializados nos Estados Unidos. Mas adivinhem: o P30 Pro marcará a volta da Huawei Brasil, onde ele chegará ainda no primeiro semestre por preços ainda não revelados — por aqui, teremos também o P30 Lite, com especificações mais modestas e ainda não apresentado com detalhes.

Fonte: MacMagazine