É oficial: Xiaomi Mi Note 10 chega ao Brasil, mas o preço…

A Xiaomi tinha começado a postar conteúdo sobre fotos em 108 MP. Isso deixou a galera fã da marca de orelha em pé: afinal, isso pode ser um enorme indicativo de que o esperado aparelho Mi Note 10 estaria próximo de chegar ao mercado brasileiro. E, bingo: em evento realizado hoje em São Paulo, a marca confirmou o que muitos aguardavam: o Mi Note 10 está entre nós e chega antes do Natal!

O negócio aqui é câmera!

O grande trunfo do Mi Note 10 é sua gigantesca lente grande angular com sensor de 108 MP, além de duas teleobjetivas com 5 MP e 12 MP, uma lente ultragrande angular com 20 MP e uma lente macro. O smartphone traz um sensor Samsung ISOCELL Bright HMX, com a mais alta resolução de qualquer smartphone do mercado: 12032 x 9024, o que, em outras palavras, significa que a câmera parruda pode fazer fotoscom até 4,24 metros de altura, que podem ser impressas em outdoors.

Para capturar mais detalhes em condições de pouca luz, o Mi Note 10 traz um sensor de imagem grande de 1/1,33”, além de um estabilizador de quatro eixos, que garante mais clareza e nitidez para suas fotos. Para quem curte retratos naturais, o aparelho traz uma lente tele de 12MP 2x de 12MP a 50 mm de distância focal — o que, entre fotógrafos, é uma das mais populares distâncias em retratos. A lente telefoto de 5MP 5x também é capaz de aplicar o zoom híbrido de 10x e zoom digital de 50x para completar a faixa de zoom do aparelho. A lente, inclusive, está equipada com estabilizador e uma abertura f/ 2.0 para melhores resultados em ambientes com pouca luz.

Conjunto quíntuplo de câmera do Mi Note 10 tem um sensor de impressionanes 108 MP (Foto: Felipe Junqueira/Canaltech)

Já para quem curte paisagens, a grande angular de 20 MP permite fotografar ambientes e grandes grupos de pessoas, sem precisar cortar ninguém da foto. E se você resolver fazer foto de uma formiguinha, pode usar a lente macro com foco automático, que funciona muito bem em close.

Para gravar vídeos, a tecnlogia da vez é a ShootSteady, que filma com mais estabilidade e suavidade. Com resultados em 4K, o aparelho traz mimos como câmera lenta a 960 quadros por segundo e ângulo de visão ampliado.

E para selfies? Além das cinco câmeras na parte traseira, o Mi Note 10 tem uma câmera frontal de 32 MP. Com uma ajudinha da inteligência artificial da Xiaomi, você consegue selfies com embelezamento, detecção de rosto, detecção de cena, palm shutter e panoramas.

Design, specs e bateria

Mi Note 10 tem aparência que lembra bastante o Huawei P30 Pro (Foto: Felipe Junqueira/Canaltech)

A Xiaomi apostou no vidro curvo 3D na parte traseira, para dar mais segurança e aderência a quem segura o modelo. E na parte frontal, o telefone é protegido com um Gorilla Glass 5 sobre o display AMOLED curvado em 3D. Essa tela, aliás, conta com 6,47 polegadas — de ponta a ponta e com molduras bem finas. De cara, o dispositivo lembra bastante o P30 Pro, da Huawei.

O Mi Note 10 conta com sensor óptico de impressão digital na tela, com uma área de detecção de impressão digital 10% maior que responde sob luz forte, condições de frio e dedos secos.

Para aguentar o tranco, o modelo traz uma bateria generosa, de 5260 mAh, com carga rápida de 30W. Segundo a fabricante, em uso moderado, você consegue até dois dias de carga. Para gerenciar tudo isso e rodar o Android, o novo modelo traz um chipset Qualcomm Snapdragon 730G.

“O Mi Note 10 chega ao Brasil para revolucionar o mercado. A sua configuração de cinco câmeras garante aos entusiastas por boas câmeras a melhor experiência imersiva em fotos. Um produto completo que certamente será objeto de desejo do público em pouco tempo”, ressalta Luciano Barbosa, diretor de produtos da Xiaomi no Brasil.

Ele estará entre nós ainda antes do Natal (Foto: Canaltech)

Preços e datas

O dispositivo estará disponível com exclusividade pela Vivo em São Paulo (lojas físicas e online, com frete grátis) a partir do dia 18 de dezembro. Ele será vendido em outros estados e oficialmente pela Xiaomi a partir do próximo dia 20 — ainda sem preço revelado. Pela Vivo, o valor do aparelho no plano família 60 GB Anual é de R$ 4.499 e de R$ 5.499 no plano controle — nada barato, aliás, saindo mais caro que um Galaxy S10.

O aparelho estará disponível nas cores Midnight Black (preto), Aurora Green (verde) e Glacier White (branco).

Fonte: Canaltech

%d blogueiros gostam disto: